quinta-feira, 27 de julho de 2017

Operário da palavra

Operário da palavra
vendo minha força de trabalho
para os magnatas
do monopólio
que cortam minhas palavras de denúncia
por anúncios das empresas que eles também administram

Meu inimigo de classe
me chama de colaborador
e se eu fizer greve
mandam os estagiários
duplamente explorados
rendidos ao fascínio
do prestígio que criaram
em ser proletário midiático

Mas quando expropriarmos
aquilo que nos é de direito
as redações
os parques gráficos
faremos um novo jornalismo
com a cara e a fala
do proletariado
nosso irmão de classe
tão duramente fuzilado
por nossas canetas vermelhas de sangue do povo

02.05.2017

Por: Antonio Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário