domingo, 31 de janeiro de 2016

jovens tardes de domingo

em qualquer
lugar
que eu vá
a solidão
há de me encontrar

nas tardes
de domingo
morgadas
feito mosquito
em águas
paradas

que movem
os moinhos
dos velhos
corações
que teimam em andar
sozinhos

13.12.2015

por: Antonio Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário