quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Noites

Em noites macabras
Eu apenas escrevo
Minhas emoções estampadas
Em alto relevo

Em noites vazias
De solidão avassaladora
Minha alma vira
Da tristeza pastora

Em noites melancólicas
Com sofrimento eterno
A dor aparece
Vestida de terno

Em noites tediosas
Aos prantos adormeço
Pensando em ti
Eu apenas padeço

11.10.2010

por: Antonio Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário