sexta-feira, 16 de outubro de 2015

fraca força messiânica (ou ao meu primeiro ano de juventude comunista)

o primeiro de muitos
onde aprendi
a segurar uma bandeira
histórica
pintada com o sangue
de antigos
camaradas
que ousaram lutar
e ousaram vencer
mesmo que a vitória tenha sido escrita por outros

e como muitos
por não sermos poucos
não basta a salvação de um
mas de todos
por uma alternativa
contra tudo que está aí

construiremos
um mundo novo
com nossas mãos
uma foice
um martelo
e muitas vidas
de camaradas dispostos
à revolução
e à emancipação de todos

aos que virão
e aos que já estão a segurar
esta bandeira
os saúdo
porque fomos
somos
e seremos
comunistas

15.10.2015

por: Antonio Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário