segunda-feira, 7 de setembro de 2015

7 de setembro

No dia da independência
acordei dependente
químico
político
filosófico

acordei sem dente
sem voto
sem juízo
sem noção

gritaram às margens
do ipiranga
enquanto eu vomitava
no canal do Crato

fizeram uma bandeira
enquanto eu dava bandeira
por aí

cantaram um hino
enquanto eu cantava
o bregão da Lady Laura

Dom Pedro foi primeiro
eu fui o segundo
a desfilar por aí
montado num cavalo
sem capacete
e sem nação para aplaudir

07.09.2014

por: Antonio Lima Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário